Os problemas do chip 5G da Apple podem não ser técnicos, mas legais

5G

Kuo explicou esta semana que é mais provável que os futuros iPhone 15 do próximo ano continuam a montar um modem 5G da empresa Qualcomm em vez de um desenvolvido pela Apple. Uma coisa muito estranha, já que Cupertino desenvolve este chip há anos, e ainda mais desde que a Apple comprou a divisão de transmissão 5G da Intel em 2019.

E três anos depois dessa aquisição, com mais de 2.000 funcionários, eles ainda não conseguiram desenvolver um Modem 5G? Muito provavelmente, eles o têm muito avançado ou pronto para fabricação, mas podem não ser capazes de fazê-lo por motivos legais, pois existem duas patentes muito fortes e claras na tecnologia 5G de propriedade da Qualcomm, e aqui pode estar o problema. Isso agora me convém melhor.

um par de dias atrás eu mesmo explicado as últimas informações do nosso amigo Ming-Chi Kuo. Um tweet, o analista coreano garantiu que o iPhone 15 do próximo ano continuaria a montar um modem Qualcomm 5G, em vez do planejado pela Apple de fabricação própria.

E no meu artigo expliquei que era muito estranho, já que em 2019 a Apple comprou a divisão 5G da Intel por mais de 1.000 milhões de dólares, com a intenção de desenvolver seu próprio chip 5G para seus dispositivos e, portanto, não depender da Qualcomm. É muito estranho supor que esta divisão, com mais de 2.000 funcionários quando foi adquirida pela Apple, três anos depois ainda não conseguiu apresentar um modem 5G.

Duas patentes são as culpadas

Novas informações surgiram hoje que podem explicar o que Kuo anunciou há alguns dias. Parece que o problema não é técnico, mas legal. Pode que Apple sim, você já tem seu chip 5G pronto (ou quase), mas devido a problemas de patente você não pode usá-lo. Isso se encaixaria melhor em mim, sem dúvida.

Em uma extensa análise de patentes de Patentes Foss, há a explicação do problema. Para que a Apple possa montar seu chip 5G em seus dispositivos, ela precisa invalidar duas patentes muito poderosas e claras no transmissão 5G que são de propriedade da Qualcomm.

Há algum tempo a Apple já recorreu ao Supremo Tribunal dos EUA pedindo a anulação dessas patentes, mas a acusação foi indeferida. Assim que as leis protegem o proprietário das referidas licenças: Qualcomm.

Então a Apple não tem escolha a não ser passar pelo tubo, e concordo com a Qualcomm. Se os de Cupertino quiserem usar seu próprio chip 5G, terão que chegar a um entendimento com o fabricante do chip e concordar com uma taxa para cada uma das patentes. É por isso que Kuo explicou a continuidade dos chips 5G da Qualcomm nos dispositivos da Apple. A menos que cheguem a um acordo em breve, e a maçã mordida passe pelo tubo na forma da letra Q….


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: AB Internet Networks 2008 SL
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.