Samsung tenta novamente ridicularizar a Apple e seus usuários em um anúncio

Samsung zomba da Apple em anúncio

A Samsung volta à briga da maneira que sabe melhor. Acredita-se que a melhor maneira de divulgar seus produtos é fazer, ou pelo menos tentar, enganar a concorrência. O que eu não entendo é se realmente funciona para ele. Talvez sim, porque ele volta várias vezes para recorrer à mesma técnica. Isso só traz validação para aqueles fanáticos anti-Apple e Samsung, assim como acontece com os fãs da Apple quando eles não veem as doenças ou deficiências da Apple. Se você realmente quer algo bom, recorra aos seus bons recursos e funções, para não achar que o que os outros são é pior e muito menos para insinuar que os usuários da Apple são… o que eles pensam que somos. Finalmente, o que novamente há um anúncio da Samsung mexendo com a Apple. 

A técnica de, vamos ridicularizar, ao contrário, mexer com seus produtos e seus usuários, pode funcionar algumas vezes, mas nem sempre. Mas parece que a Samsung acha apropriado e volta desta vez, com um anúncio a insinuar que a Samsung é melhor e que os utilizadores da marca coreana são mais inteligentes ou semelhantes. O problema é que, mesmo que seus telefones ou tablets fossem melhores, que não são, do que a Apple, esse caminho não está correto.

No anúncio que pode ser visto no YouTube e por pouco tempo um usuário é visto, escalado em uma cerca e querendo experimentar coisas novas. Dentro do recinto é visto um casal, que se questiona no final se o que esperar é bom ou se realmente deveria pular a cerca. O símile nada mais é do que nos dizer que, se você deseja o melhor e o mais recente, deve ir à Samsung e não esperar como a Apple. Neste caso específico, para obter o que há de mais moderno em telefonia. Samsung patrocina seu mais recente terminal dobrável e diz que se você quiser, não espere a Apple fazer isso, dê o salto e mude para a Samsung.

Um telefone dobrável, como aquele que eles já lançaram e que você já sabe como era. O bom é que há onde decidir e que não devemos ser “fiéis” às marcas. As marcas devem ser leais a nós. Compre o que mais combina com você ou o que você gosta. Claro, compare antes, não se deixe levar pelo que reluz.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: AB Internet Networks 2008 SL
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.