Jawbone sai do negócio de quantificadores

Jawbone UP3

O mercado de quantificadores surgiu há muito tempo, especialmente quando os smartwatches se tornaram mais populares entre os usuários, uma vez que muitas pessoas queriam ser capazes de monitorar toda a sua atividade física através de um dispositivo, mas não pretendia ou precisava comprar um smartwatchmas você só queria uma pulseira simples que permitisse isso.

Jawbone foi um dos pioneiros em trazer pulseiras quantificadoras para o mercado, um negócio que mais tarde se expandiu para alto-falantes sem fio. Mas ao longo de sua carreira teve vários problemas, principalmente com os materiais selecionados para sua fabricação, que às vezes causavam queimaduras nos usuários.

Mas o que realmente o machucou é o chegada de um grande número de fabricantes ao mercado, lançando dispositivos com funções semelhantes, mas a um preço muito mais conteúdo do que a empresa Jawbone. É claro que não tem conseguido se adaptar rapidamente às necessidades do mercado, e não tem conseguido conquistar a atenção dos usuários interessados ​​neste tipo de aparelho que preferiram a Fitbit, empresa que hoje vende as pulseiras mais quantificadoras em todo o mundo, com 4,8 milhões de unidades vendidas no primeiro trimestre do ano.

A falta de inovação na empresa não tem conseguido impedir a empresa perdeu metade de seu valor em pouco mais de um ano. Para além disso, o último delo que lançou no mercado, uma pulseira quantificadora que tem o preço de 120 euros é uma das piores opções que podemos encontrar no mercado. Também não é resistente à água. Todas essas decisões mal tomadas obrigaram a empresa a abandonar a atividade em que se concentrava e a tentar se reinventar. Como o CEO da Jabone, Hosain Rahman, relatou ao Tech Insider, a intenção da empresa se concentrará na criação de wearables para a saúde, não apenas para monitorar o exercício físico.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.