Kuo está errado, um iPhone sem Touch ID não faz sentido

Durante meses, o debate sobre a possível localização do sensor de impressão digital do iPhone 8 (Touch ID) nos levou de um lado a outro. À frente ou atrás? O que outros como a Samsung com seu Galaxy S8 não conseguiram, poderia ser alcançado pela Apple colocar o sensor de impressão digital atrás da tela, e não seria o primeiro fabricante já que a Vivo mostrou um smartphone com essa tecnologia.

Ming Chi Kuo, conhecido por qualquer um de nossos leitores por suas constantes referências a futuros produtos da Apple, está agora tomando uma direção mais radical e garante que o iPhone 8 não terá qualquer sensor de impressão digital, nem na frente nem atrás. Uma decisão que parece um total absurdo mesmo vindo de um dos analistas mais confiáveis ​​do mundo da Apple. Ou talvez nem tanto.

Kuo é infalível? Não tanto

É claro que Kuo não fala para falar, e que seus contatos dentro das cadeias de produção de componentes para Apple são muito bons e lhe dão informações que outros não chegam com tanta antecedência. Mas isso não significa que seja infalível, longe disso. Seja porque lhe faltam algumas informações que o levam a oferecer previsões erradas ou porque as informações que obtém nem sempre são tão precisas à realidade, Kuo falha um pouco em suas previsões, como podemos ver dando uma rápida olhada em seus últimos "palpites" graças a um artigo de Philip Elmer-DeWitt.

  • Em abril de 2015, Kuo garantiu que o iPhone 6s se chamaria iPhone 7, o que obviamente não aconteceu.
  • Em fevereiro de 2015, ele garantiu que as vendas interanuais do iPad cairiam até 50%, um número muito importante. A queda chegou a 25%, o que era considerável, era apenas metade do que ele previa.
  • Em novembro de 2014, ele previa uma queda nas vendas do iPhone no primeiro trimestre de 2015 que chegaria a apenas 49 milhões de unidades, enquanto a realidade era que alcançavam até 61 milhões de unidades.
  • Em abril de 2014, ele garantiu que o Apple Watch seria lançado no final daquele ano com uma tela curva, e nenhuma das duas coisas aconteceu. O Apple Watch foi lançado em 2015 sem tela curva.

Obviamente No meio dessa lista estão muitas previsões precisas que fizeram Kuo sempre estar nas manchetes dos principais blogs especializados, mas o que queremos mostrar aqui é que você errou várias vezes no passado e, desta vez, pode errar novamente.

Não faz sentido remover o Touch ID

O Touch ID se tornou um recurso fundamental no iPhone desde sua introdução com o iPhone 5s. Desbloquear o terminal, fazer compras na App Store, proteger o acesso aos aplicativos, pagar com Apple Pay ... Sempre que você tiver que se identificar de forma inequívoca, será solicitado que você coloque sua impressão digital no botão iniciar para autorizar a operação. Existem outros métodos que estão começando a aparecer em outros dispositivos, como o scanner Iris ou o reconhecimento facial, mas são muito mais vulneráveis ​​do que o Touch ID.

A Apple anunciou o Apple Pay for iMessage em um movimento claro para tornar o sistema de pagamentos móveis da empresa ainda mais popular, permitindo que as pessoas paguem, e o Touch ID é um elemento chave neste recurso. Mas também mudou completamente a interface de compra da App Store com esta imagem para se identificar por impressão digital na parte inferior da tela, exatamente onde você colocaria o suposto botão de início virtual para colocarmos nosso dedo. Existem muitos sinais para um Touch ID integrado na tela.

Quem pagou com Apple Pay saberá que nesse movimento o scanner de íris não tem chance de funcionar, já que 99% do tempo o iPhone está na posição horizontal voltado para cima, então a câmera não tem acesso ao nosso rosto a menos que nos equilibremos sobre ele. Igualmente incômodo seria o sensor na parte de trás, pois nos obrigaria a colocar o terminal de cabeça para baixo sem ver a animação que confirma que o pagamento foi feito corretamente, mas de todos os males seria o pior.

Existem outras possibilidades

Se a Apple não conseguir colocar o Touch ID sob a tela, algo que já foi demonstrado possível, ela sempre poderá recorrer a outras alternativas, mas o sensor de impressão digital permanecerá. No verso, algo que ninguém gosta, na lateral, no botão liga / desliga ou onde quer que Jony Ive tenha, mas teremos um sensor de impressão digital por muito tempo. Kuo adicionará outro bug à sua lista.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

4 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: AB Internet Networks 2008 SL
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Fran Rhodes dito

    Tenho certeza que vejo você ... Mesmo assim, acho que não é a primeira vez que a Apple de repente acerta a seta direcional e muda de curso. Na verdade, quanto mais penso nisso, mais acredito no boato. Todo mundo fala que se touch ID aqui toca ID ali e de repente a Apple vai e bum ... Zero touch ID, apresentamos a nova tecnologia de reconhecimento facial hipermega que nem tem o tato. Todo mundo enlouquece, você pensa em deletar a postagem por medo de sair de casa e ser apontado e Ive sorri na esquina. Enfim, é claro que é muito raro algo que funciona tão bem e de fato se destacar (por causa da rapidez com que faz frente às cópias) acabam eliminando, mas ... foram eles que carregaram o iPod quando vendeu mais ... Tudo é possível, meu amigo.

    1.    Luis padilla dito

      A Apple sempre pode nos surpreender e, com sorte, o fará. Mas fique tranquilo, pois não irei deletar nenhum artigo, além do mais, sairei de casa com total tranquilidade e até dormirei bem, mesmo que tenha cometido um erro neste artigo. Estar errado da mesma forma que pessoas como Grubber ou Viticci estariam erradas é não se esconder.

      1.    Qualquer coisa é possível com a Apple dito

        haha, nem mesmo a água mais clara!

  2.   Xavi dito

    Eu concordo totalmente com Luis, eliminar o Touch ID é um absurdo. Não importa quanto scanner 3D eu tenha, é altamente improvável que ele possa fazer tudo o que o Touch ID faz com a mesma velocidade e sob as mesmas circunstâncias.

    Muitas vezes tenho meu celular sobre a mesa e meu rosto não está ao alcance da câmera para que eu possa usá-lo para ter certeza de que, de fato, sou quem digo que sou…. Por outro lado, com o Touch ID eu desbloqueio sem problemas e manuseio como eu quero.

    Touch ID + scanner 3D está ok, apenas scanner 3D…. Acho que perderíamos muitas funcionalidades.

    Além da questão dos pagamentos, onde o scanner 3D é tremendamente mais desconfortável… ..