Federighi revela detalhes importantes sobre o Face ID

O novo sistema de desbloqueio do iPhone X foi o principal protagonista assim que a apresentação do novo smartphone da Apple foi finalizada, e tem sido para o bem e para o mal. A empresa foi a primeira a confiar neste sistema de segurança para fazer pagamentos móveis, demonstrando a confiança que tem nele, mas também foi criticado pelo fracasso ocorrido durante a apresentação.

Graças aos vídeos dos sortudos que puderam experimentar o novo iPhone X depois do Keynote da Apple e às informações publicadas em vários meios de comunicação, aprendemos detalhes como que Face ID funciona mesmo com óculos de sol, que só permite reconhecer uma pessoa e que você pode desativar facilmente. Mas Craig Federighi, o mesmo que nos apresentou no evento da Apple, queria esclarecer mais coisas e Em entrevista ao TechCrunch, ele revelou fatos interessantes. 

Uma das curiosidades sobre o desenvolvimento da tecnologia de identificação facial é que a Apple coletou bilhões de imagens ao longo de vários anos para treinar seu sistema de reconhecimento facial. Todas essas imagens foram utilizadas para fazer mapas faciais que, por meio de sistemas de inteligência artificial, serviram para tornar este novo ID Facial mais confiável e seguro. No entanto, uma das coisas que preocupa muitos é o que acontece com as imagens capturadas que o iPhone X faz quando o desbloqueio. A Apple insiste que todos os dados sobre o nosso rosto serão armazenados no dispositivo e apenas no dispositivo, não serão enviados para o iCloud nem a nenhum servidor para melhorar o sistema, para que nossa privacidade seja garantida.

Também surgiram dúvidas sobre a possibilidade de alguém usar este sistema sem a nossa permissão, já que seria tão fácil como pegar o nosso iPhone e focalizá-lo no rosto para que fosse desbloqueado. Federighi nos revelou como o ID Facial pode ser desativado rapidamente, apenas pressionando os botões esquerdo e direito simultaneamente por alguns segundos. se fizermos isso, a tela de desligamento aparecerá e o ID Facial será desabilitado. Ele também será desativado após cinco tentativas malsucedidas ou se você não usá-lo por 48 horas.

Funcionará com óculos de sol? essa também tem sido uma das perguntas mais repetidas atualmente. A resposta rápida é sim, embora a resposta correta seja que depende. Não importa se os óculos são polarizados ou não, mas existem certos revestimentos nos cristais que impedem a passagem do infravermelho, de forma que nosso iPhone não será capaz de detectar nossos olhos, algo necessário para que o Face ID funcione. Segundo Federighi, a maioria dos óculos não deve ter problemas, mas se os seus forem deste tipo, você só tem a opção de usar o código ou retirar os óculos para desbloquear o celular. Também não deve haver problema com capacetes ou lenços, desde que não cubram todo o rosto.

Existe a opção de remover esta camada de segurança e fazer o ID Facial funcionar mesmo sem ver seus olhos, eliminando a opção de "detecção de atenção". Se desativarmos esta opção, mesmo que não olhemos para o nosso iPhone, ele será desbloqueado se reconhecer nosso rosto. Isso é útil para pessoas cegas que não podem olhar para o iPhone ou para aqueles que querem isso, mesmo com óculos incompatíveis, podem usar o Face ID. Obviamente, eliminar essa opção reduz a segurança do sistema, mas há momentos em que será necessário.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

5 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: AB Internet Networks 2008 SL
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Ricky Garcia dito

    É claro que a identificação facial não falhou na apresentação, vocês próprios carregaram um artigo explicando isso

  2.   Alexander dito

    Prefiro esperar o lançamento e ver como evolui. Para mim, não vejo muito retorno com essa tecnologia.
    Que se destacaram mais uma vez, disso, não há dúvida mas não sei se é esse o caminho.

    Como você mencionou no artigo; nem confio no que eles fazem ou onde estão nossos dados de nosso rosto. Observe que antes eles nos pediam a pegada e a incerteza era a mesma; Bem, agora eles nos pedem os dados faciais.
    Qual será a próxima etapa?

    1.    rafael pazos dito

      Eles vêm dizendo há anos que os dados de impressão digital, como o Face ID, são armazenados em um chip com segurança quase inquebrável. Além disso, a Apple não tem acesso a esse chip, então os dados do seu carro e suas impressões digitais estão seguros lá!

      Saudações !!

  3.   Raúl Aviles dito

    Gostei do artigo, e que raio dos óculos polarizados ... os meus são ...

    1.    Luis padilla dito

      Eles podem funcionar, eu já disse no artigo