A tela do Pixel 2 XL recebe uma enxurrada de críticas

Imagem Original The Verge

O novo Google Pixel 2 XL é sem dúvida um dos melhores terminais que podem ser adquiridos neste momento, ao nível do novo iPhone ou dos terminais topo de gama da Samsung. Isso é suportado por suas especificações e preço, e tendo, no momento, a melhor câmera em um dispositivo móvel de acordo com DxOMark. Porém, quando falamos da tela, um dos elementos mais importantes em um smartphone, parece que as coisas mudam muito.

E é que A nova tela do Pixel 2XL, fabricada pela LG e do tipo OLED, parece não atender ao que deveria ser exigido de um aparelho desse preço, e assim dizem as primeiras resenhas publicadas, como The Verge, a que correspondem algumas das imagens deste artigo que o demonstram.

Imagem Original The Verge

Esta imagem é igual à imagem do cabeçalho, mas mais próxima. São fotos diretas das telas do iPhone 8 Plus (esquerda) e do novo Pixel 2 XL (direita). Você pode perfeitamente perceber como as cores do novo dispositivo do Google não combinam com a realidade, com tons verdes muito mais pronunciados do que no iPhone. Isso é algo que pode ser ajustado segundo o Google através de um software que calibra a tela para dar mais ou menos intensidade às outras cores, e é assim que o Google tem respondido a essas críticas. Mas o que não tem solução é o que The Verge adiciona abaixo.

Imagem Original The Verge

E é que, assim como as primeiras telas OLED da Samsung, quando você olha para ele de um ângulo diferente do ideal, as cores ficam distorcidas. Podemos ver na imagem acima, onde os ícones que deveriam ser brancos na barra de status aparecem cada vez mais azulados à medida que diminuem o zoom para a direita.

Imagem original Ars Technica

Se compararmos o Pixel 2 XL com seu irmão mais novo, o Pixel 2, cuja tela OLED é fabricada pela Samsung, notaremos o próximo problema com a tela do XL: granulação. A tela está longe de apresentar uma imagem limpa, muito pelo contrário. Possui áreas granuladas e até mesmo com iluminação diferenciada que tornam o resultado final bastante lamentável para um aparelho desta categoria.

É claro que a tecnologia OLED da LG ainda está muito longe da perfeição, e Agora podemos entender por que a Apple escolheu a Samsung como o único fornecedor de telas para seu iPhone X, o primeiro terminal da empresa a usar telas OLED.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: AB Internet Networks 2008 SL
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.